Inspiração

Você se lembra do silêncio?

abril 10, 2015
Silêncio - Invertisa

Somos bombardeados de informações o tempo todo.

Eu posso dizer isso com toda a certeza e toda a culpa do mundo, pelo simples fato de que curso/trabalho com publicidade. Sou uma das responsáveis pelas milhares de informações que chegam a nós a cada segundo, e talvez esse seja um dos motivos pelos quais sou doida pra tentar remediar isso de alguma maneira.

São tantas as interações, as possibilidades e as coisas que temos que fazer o tempo todo, que acabamos vivendo para fugir de nós mesmos. Não temos mais tempo nem silêncio pra conviver com nossa própria consciência. E a maioria de nós acha isso até bom, porque quando sobra esse tempo sem fazer nada, chega até a dar um desespero, né? Como assim, não tem mais nada pra fazer do trabalho? Nada com um prazo absurdo pra ser entregue? Ninguém te pressionando pra nada? Nenhum compromisso para o qual está atrasado? É das sensações mais estranhas e curiosamente desesperadoras que um ser humano pode vivenciar hoje em dia.

Os momentos de paz se tornaram tão escassos que já nos acostumamos com sua extinção. E é até estranho quando damos de cara com eles. Quando não temos compromissos, companhia, deveres, lazeres e paramos quietos em silêncio, algo muito assustador acontece: temos que conviver unicamente com nós mesmos. E acabamos procurando qualquer coisa pra fazer, porque a sensação de estar sozinho com sua consciência é estranha demais.

Fora que achamos que estamos em silêncio quando estamos parcialmente quietos, mas será que estamos mesmo se nossa mente continua trabalhando a milhão? Será que vale se estivermos quietinhos no nosso canto olhando o Instagram? O que é silêncio pra você?

Esses dias li sobre alguns aplicativos que prometem ajudar no encontro do silêncio e da paz. Dois deles me chamaram atenção pelos seus nomes: Get some headspace e o GPS4Soul. Falhei no sentido de não ter testado ambos para trazer minha opinião aqui (se algum de vocês já tiver testado ou testar, me conte nos comentários!), mas acho estranho o fato de se precisar de um aplicativo pra conseguir encontrar a quietude. Assim como já falei sobre a felicidade já estar dentro de você aqui, o silêncio também está. Você passou os 9 primeiros meses da sua vida em silêncio. E de repente veio para um mundo em que dificilmente alguém consegue ficar quieto por 9 minutos, a não ser que esteja dormindo (isso se a pessoa não fala à noite, como no meu caso hahahaha não contem pra ninguém!).

Segundo Max Ricard, “o silêncio é o início de tudo. De onde surge a criação, a saúde física e mental, o bem-estar”. Então por que não encontrar mais momentos de silêncio verdadeiro na nossa rotina?

Procure tirar momentos do seu dia para si mesmo, longe das informações e programações. Dedique um tempo do seu dia pra escrever, para organizar suas ideias e suas não-ideas também, porque, convenhamos, não dá pra ficar pensando em soluções e genialidades o tempo todo. Respeite o fluxo do seu pensamento. Respeite o seu momento de convivência com sua própria mente. Todos os dias, nem que seja por alguns minutos, apenas preste atenção na sua respiração. Tire alguns minutos para meditar, como eu expliquei nesse post.

Você não precisa de informações, de tarefas e de lazeres a todo momento pra ser feliz. Você só precisa perceber que a felicidade e a plenitude já existem no silêncio – e dentro de você.

You Might Also Like

Nenhum comentário. Que tal deixar o seu? :)

Deixe um comentário