Invertips

Eu te convido a passar um mês sem seu maior vício

fevereiro 25, 2015
Vícios - Invertisa

Tenho que admitir uma coisa pra vocês: sou completamente viciada nessa danada batata chamada Lays. Mais especificamente, na da embalagem verde – caso vocês queiram me dar de presente um dia, sei lá. MENTIRA gente, não façam isso, é serio, estou realmente tentando parar.

Mas enfim, voltando à minha confissão. Depois que descobri essa batata maravilhosa, o vício estava decretado: comprava pelo menos 3 vezes por semana no mercadinho perto do trabalho. Já estava sendo julgada pelos colegas, alertada pelo meu preocupado chefe e com medo das consequências que comer Lays quase todos os dias traria para minha saúde, mas era simplesmente mais forte que eu. É uma vontade indominável que me assola, e eu simplesmente não consigo não comprá-la. Por fim, consegui diminuir pra uma vez por semana, mas ainda assim não consigo resistir a ela se a vir dando bobeira perto de mim.

E então esse vício – por mais que seja bobo, sabemos que tudo em excesso faz mal – me fez pensar no fato de que todo mundo tem algum vício negativo. E em graus menores ou maiores, acabamos deixando esses vícios nos comandarem. Achamos que eles estão aliviando nossas vidas de alguma maneira e nos trazendo prazer, mas a verdade é que só estão nos fazendo mal.

Então decidi desafiar a mim mesma e desafiar a vocês também: não vamos deixar nossos vícios mandarem em nós. Vamos tomar o controle das nossas vidas e das nossas vontades. Durante um mês, vamos fazer de tudo para ficar sem eles. Vejam bem, estou falando de vícios que fazem mal, como cigarro, refrigerante, chocolate, álcool, etc, então por favor nada de tentar ficar um mês sem beber seu suco favorito ou sem fazer academia, hein? Vícios bons são bem-vindos, mas claro que sem exageros!

Ainda não sei como conseguirei fazer isso, mas vou ficar um mês sem comprar Lays. Não passarei perto dela no mercado. Não deixarei meus amigos comprarem pra mim. Vou me distrair e beber água toda vez que der vontade. E queria muito que vocês também tentassem fazer isso com seu principal vício negativo, porque como eu já disse nesse post, 21 dias é o que se leva pra adquirir um hábito. Então depois de um mês tenho certeza de que terá se completado o primeiro passo para nos libertarmos dos nossos principais vícios.

Não deixem de comentar com o vício de vocês e me contem se vão tentar também! Tenho certeza de que juntos vamos conseguir 😉

You Might Also Like

2 Comentários

  • Reply Rê Gomes fevereiro 25, 2015 at 6:25 pm

    Isa, adorei a ideia! Sabe o que é mais legal? A quaresma acabou de começar, e, pra quem é católico, é justamente o tempo de abdicar de algo que você gosta muito – justamente isso que vc não consegue se controlar. Abdicar deste algo é sinal de penitência, mas também traz um ponto muito forte de quanto mais vc se livra dos seus vícios, mais perto de Deus vc consegue estar – ou, simplesmente do seu centro, das suas boas energias. Acho essa reflexão de como nenhum vício nos faz bem mt importante, e apesar de não achar certo abdicar do suquinho da academia, vale a gente pensar que um vício até mesmo nele pode representar algo ruim para nós (não na saúde, mas no nosso espírito mesmo).
    Eu estou sem chocolate (e não tá fácil amiga) e tentando reduzir meu tempo de redes sociais a 15min por dia (esse ainda estou falhando). Enfim, adorei o alinhamento e o post 🙂 tamo junta, vc sem Lays e eu sem Twix hahahaha

  • Reply Vanessa março 3, 2015 at 6:43 pm

    Oi Isa!! Genial a ideia!! E coincidiu com a quaresma (40 dias antes da Páscoa). Eu entendo seu vicio pela batata Lays…. li esse post e quando vi o pacotinho verde no mercado lembrei de vc haha

    Meu vicio ERA biscoito Bono recheado de chocolate e Passatempo também recheado….gente, eu comia 1 pacote em 1 dia…que delicia!! Eu gosto até hoje, mas diminui bastante o consumo depois que iniciei a reeducação alimentar.
    Uma coisa que deu certo comigo foi LER o rótulo com a informação de todos ingredientes que o biscoito possui e fiquei de queixo caído com tanta “porcaria” que eu estava trazendo pra dentro do meu organismo 🙁 então, isso me fez repensar na minha atitude de comer aquela tranqueira, pois só tinha coisa ruim dentro daquele pacote, produtos químicos, industrializados….como se eu estivesse engolindo uma BOMBA que iria destruir meus órgãos e me trazer doenças (o que não deixa de ser verdade, né?).

    Mudei a minha forma de ver o alimento e isso me ajudou bastante!! Foi assim que diminui o consumo e atualmente, eu compro 1 pacote 1x por mês ou a cada 2 meses….dou um espaço de tempo bem grande entre uma compra haha

    Dá uma lida no rótulo da Lays….acho que não deve ser tão diferente do biscoito recheado hehe
    E boa sorte nos seus 21 OFF de batata!! Seu blog me ajuda muito! Beijinhos

  • Deixe um comentário