Browsing Tag

ascendente

Astrologia

Astrologia: As casas e a leitura do mapa astral

maio 3, 2016
Casas do Mapa Astral - Invertisa

Oi pessoal! Tudo bem?

Algo que vocês sempre me perguntam no Instagram quando falo sobre Astrologia é sobre as casas do mapa astral.

Então quis fazer um post aqui falando especificamente sobre isso porque, além de saber seu signo solar, o ascendente e em que signo você tem a lua e vênus, para compreender melhor seu mapa astral, é super interessante saber também em que signo você tem cada casa do seu mapa astral e também os planetas que você tem dentro delas.

Isso porque cada casa diz respeito a um aspecto da sua vida, portanto, sabendo o signo em que você tem cada uma, você consegue associar aquele aspecto da sua vida (trabalho, relacionamentos, filhos) com o que aquele signo e os planetas dentro da casa representam, e através dessas complexas interpretações é que ocorre a leitura do mapa astral e que conseguimos nos conhecer melhor através da Astrologia.

Recomendo que vocês façam o mapa de vocês em algum site (como o Astro ou Astrolink) – é importante saber o horário exato em que vocês nasceram (confirmem na certidão e também com familiares!). E então vocês conseguirão começar a compreendê-lo, abaixo vou passar algumas informações que ajudarão a identificar as casas. Quanto ao horário de verão que vocês sempre perguntam, esses dois sites ajustam automaticamente, então não precisam se preocupar em diminuir uma hora. Já se forem fazer em programas de astrologia (que são os que astrólogos usam, como o Pegasus Photon), é importante descontar uma hora do horário em que nasceram quando estiverem cadastrando seus dados (ex: se nasceu dia 7 de dezembro de 1993 às 19h30, você tem que colocar 18h30).

Eu gosto de mostrar esse mapa do Gandhi como exemplo pra poder explicar algumas coisas pra vocês:

 

Mapa Gandhi

 

Obsevem que o fato de ele ter o sol em Libra é só a parte que circulei em amarelo no mapa, ou seja, o signo solar é apenas essa parte do mapa astral, por isso que obviamente todas as pessoas do mesmo signo não são iguais, há muitos outros aspectos a serem analisados!

Então obsevem as casas (sinalizadas por números romanos) de I a XII. A cúspide (início) da casa 1 é justamente o Ascendente, e ela sempre será uma linha que aponta pro lado esquerdo do mapa – por isso é bem fácil de identificar olhando seu mapa astral. A cúspide da casa 1 (ascendente) do Gandhi, por exemplo, está cortando em Sagitário. Depois dela, no sentido anti-horário, haverá uma próxima linha que é a cúspide (início) da casa 2 (que no caso do Gandhi está cortando em Capricórnio). E então, como podemos ver, a casa 3 está cortando em Aquário, a casa 4, no finalzinho de Peixes, a casa 5, em Áries… E reparem que a casa não começa no início do signo, e sim onde corta a cúspide que dá início a ela, e ela termina na cúspide que dá início à casa seguinte. Ou seja, a casa 5 está cortando beeem no finalzinho de Áries, e mesmo que boa parte dela seja ocupada pelo signo de Touro, ela está em Áries mesmo. Mas antes da cúspide da casa 6 temos 2 planetas: Júpiter e Plutão, que estão em Touro. Ou seja: para interpretar a casa 5, é preciso considerar que ela está em Áries, e também tem Júpiter e Plutão em Touro dentro.

Mas o que isso significa na nossa vida? Significa que a interpretação do significado desses signos + planetas nas casas do mapa de um indivíduo vão dizer muuuito sobre ele, porque cada uma dessas casas representa um ou mais aspectos da sua vida.

Abaixo vocês conseguem entender melhor o que cada uma representa:

 

Casa I – “Eu sou”: sua personalidade exterior

Essa é a casa que representa você, a maneira que você age e se mostra para o mundo. Tem muito a ver com quem você “precisa” ser e como precisa se desenvolver para alcançar seu topo do céu ou meio do céu (casa 10, que representa muito seu futuro).

Casa II – Dinheiro e bens materiais

Tudo que você tiver nessa casa vai representar a maneira como você conduz suas finanças – suas posses, bens materiais, como vai gastar e ganhar dinheiro. É importante ressaltar também que, na interpretação de toda casa, não só é preciso analisar o signo em que ela está, como também onde está o planeta regente desse signo (vide tabela que coloquei no decorrer desse post). Ou seja: se você tiver Sagitário na casa 2, busque onde tem Júpiter, planeta regente desse signo, no seu mapa. Sagitário na 2 significa uma expansão nas finanças, provável facilidade para ganhar dinheiro, e uma tendência a querer expandir negócios, trabalhar em multinacional ou até com projetos relacionados a viagens. Mas tendo Júpiter em Libra na casa 12, por exemplo, que é uma casa de mais reclusão, é provável que haja mais facilidade em ter ideias desses projetos nos momentos mais isolados, perto da natureza, em silêncio. É uma interpretação complexa, mas é bem interessante considerar sempre onde o planeta regente está para se ter mais informações sobre cada casa do mapa – além de, é claro, interpretar também os planetas que estiverem dentro da casa, caso haja planetas (se não tiver, não há problema nenhum! Expliquei sobre isso mais pro final do post!).

Leia mais